A revista da midiaeducação

Dia da criança

Escrito em 30 setembro, 2013 - Comente esta matéria

Tags: , ,

 

No dia 1º de outubro, o Movimento Infância Livre de Consumismo lança sua nova campanha sobre consumismo infantil no Dia das Crianças. A campanha é composta por uma série de textos e imagens sobre a data festiva, apresentando uma reflexão sobre a necessidade de ensinar sobre consumismo desde que os filhos são pequenos, bem como de valorizar os momentos e as experiências que não necessitam de objetos para que sejam prazerosas e divertidas.

a campanha poderá ser vista e compartilhada no blog e no facebook

A série de imagens, dirigida aos pais, tem como objetivo chamar atenção para a reflexão sobre a quantidade do que realmente importa para as crianças, que é o brincar, o estar com os pais, o usufruir do ar livre e exercitar a imaginação, tudo divertido e prazeroso sem a necessidade de objetos novos.

A campanha foi concebida por três voluntários que se mobilizaram pelo tema: Mila Bartilotti assina a redação; Lu Azevedo, a ilustração; e Pedro Serravalle, a direção de arte. Mila Bartilotti é redatora, compositora, cantora e – mesmo sem filhos – anda atenta às questões relacionadas à infância e comunicação e emprestou seu talento criando o conceito “Dia das crianças sem consumismo. É de pequeno que se aprende.” que leva em conta o protagonismo dos pais na educação das crianças e no questionamento do que é ofertado pela mídia e pelos anunciantes.

Radicada no Canadá, Lu Azevedo é ilustradora apaixonada pelo mundo infantil, tem dois filhos pequenos que são a sua fonte de inspiração diária: “amo a inocência deles, a facilidade que eles têm de amar, criar, imaginar e confiar nas pessoas, e acho extremamente maldoso se aproveitarem de tantas qualidades a favor do consumismo.”

Pedro Serravalle é pai de dois filhos, designer, especializado em Branding e adora brincar ao ar livre com as crianças. “Ando ocupado em oferecer as melhores experiências para os meus filhos, e observar o ativismo pela infância me mobiliza a contribuir com a estética do movimento.”

A campanha traz ainda um convite para que o público atenda à convocação do Instituto Alana e organize localmente Feiras de Trocas de Brinquedos para que adultos e crianças possam vivenciar a possibilidade de negociar brinquedos sem a necessidade de desembolso financeiro, mostrando uma nova forma de renovar a brincadeira.

O Dia das Crianças é a segunda data mais importante para o comércio de brinquedos e é quando os anunciantes centram fogo na infância. O número de inserções comerciais na programação infantil cresce vertiginosamente e as crianças tendem a acreditar que só serão homenageadas se ganharem muitos presentes.

O desejo do Movimento Infância Livre de Consumismo é que mães, pais e familiares consigam perceber “a falácia da publicidade, afinal não são objetos de plástico que farão os filhos felizes, por mais caros que sejam”.

Comentários

Comente o conteúdo: Dia da criança.
Para escrever clique aqui.

Comente este conteúdo